“Rainha da motosserra”, Kátia Abreu é reeleita senadora pelo Tocantins

A peemedebista é a principal líder da bancada ruralista no Congresso Nacional

Conhecida por ser a principal líder da bancada ruralista no Congresso Nacional e pela atuação em defesa do agronegócio, que lhe rendeu apelidos como “Rainha da motosserra” e “Miss Desmatamento”, a senadora Kátia Abreu (PMDB), 52, foi reeleita neste domingo (5) senadora pelo Tocantins.

A pecuarista venceu o deputado federal Eduardo Gomes (SD), 48, candidato do atual governador, Sandoval Cardoso (SD), pela coligação “A mudança que a gente vê”, composta por 17 partidos e com maior tempo de rádio e TV. Foram três minutos e 56 segundos, contra os três minutos e 20 segundos de Kátia.

Com a reeleição, Kátia ficará mais oito anos no Senado, ao lado de Vicentinho Alves (SD) e Ataídes Oliveira (Pros), eleitos em 2010 para representar o Tocantins. Seus suplentes são Donizeti Nogueira (PT) e Bispo Guaracy (PSD).

Hoje representante da coligação “A experiência faz a mudança” (PMDB / PT / PSD / PV), Kátia foi eleita em 2006 pelo PFL (atual DEM), depois ajudou a fundar o PSD, junto com o ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, e mudou para o PMDB no ano passado.

Em junho, deixou a presidência da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) para se dedicar à campanha, que contou com a participação da presidente Dilma Rousseff (PT).

Nascida em Goiânia (GO), Kátia Abreu estudou psicologia. Ela se casou com o fazendeiro Irajá Silvestre e teve dois filhos, Irajá e Iratã, o primeiro deputado federal candidato a reeleição pelo PSD. Quando estava grávida da filha mais nova, aos 25 anos, ficou viúva quando seu marido morreu em um acidente de avião e, por isso, assumiu a fazenda dele. O valor total dos bens declarados por Kátia à Justiça Eleitoral é de R$ 4.131.891,79.

Tocantins

Kátia vai representar o Estado mais novo do país, criado em 1988, e com a quarta menor população do Brasil: 1,3 milhão de habitantes, segundo o Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

A líder ruralista também legislará por um dos nove Estados que formam a região Amazônica. O Tocantins possui 87% do seu território coberto por vegetação de cerrado, sendo que mais da metade de sua área é de preservação, unidades de conservação ou bacias hídricas, que incluem santuários naturais como a Ilha do Bananal (a maior ilha fluvial do mundo) e os parques estaduais do Cantão, do Jalapão, do Lajeado e o Monumento Nacional das Árvores Fossilizadas.

O Estado possui ainda 2 milhões de hectares de reservas indígenas protegidas, com uma população de 10 mil indígenas de sete etnias.

Principais problemas

Na enquete “Avalie Seu Estado”, do UOL, a maioria dos internautas de Tocantins diz que a corrupção é o maior problema estadual, seguido de saúde, falta de indústrias e segurança pública.

Já na enquete que pergunta o que o tocantinense deseja que melhore em sua vida, ferramenta batizada de “Esperançômetro”, aparecem na frente segurança pública e atendimento de saúde.

Fonte: UOL Notícias

Deixe um comentário