Semana Indígena acaba, mas luta continua

Atos Solenes no Congresso em homenagem aos índios decepciona ao barrar a entrada de indígenas; vice-presidente da república Michel Temer diz desconhecer processo de demarcação de Tis

Indígenas durante Sessão Solene no Plenário da Câmara dos Deputados (© Fábio Nascimento / MNI)

Esta quinta-feira (16), último dia do Acampamento Terra Livre, que começou em Brasília (DF) na segunda-feira, foi marcada por duas sessões solenes, uma na Câmara e outra no Senado, em homenagem ao Dia do Índio. Dispostos a dialogar com os parlamentares das casas onde tramitam propostas legislativas que atacam seus direitos, os indígenas passaram por vários constrangimentos.

Pela manhã, na Câmara, apenas 180 indígenas do Acampamento Terra Livre (ATL) foram autorizados pela mesa diretora da Câmara Federal a participar da sessão no Plenário Ulysses Guimarães. A expectativa era a de que entrassem pelo menos 700 indígenas no Plenário, número que foi reduzido, nas negociações, para 500. Na rampa de entrada para o Congresso, o grupo foi barrado por força policial e dividido em delegações – o que levou muitos a retornar ao acampamento, indignados com o tratamento que receberam naquela que é conhecida como a Casa do Povo.

As lideranças puderam se expressar em ambos os Plenários, tanto da Câmara quanto do Senado. Os parlamentares também fizeram discursos, muitas vezes mostrando desconhecimento com a causa indígena. Após a sessão no Senado, uma comitiva de representantes dos povos indígenas se dirigiu para uma reunião com o vice-presidente da república Michel Temer, outro político que disse não ter conhecimento do processo de demarcação de Territórios Indígenas. Temer prometeu levar o assunto à presidente Dilma, embora seu discurso demagógico tenha deixado insatisfeitas as lideranças indígenas, que prometem continuar resistindo aos constantes ataques dos três poderes aos seus direitos garantidos pela constituição de 1988.

Leia mais no blog da Mobilização Nacional Indígena, onde você também encontra galerias de fotos e vídeos de todos os momentos do Acampamento Terra Livre.

Fonte: Greenpeace Brasil

Deixe um comentário