Parlamento Amazônico escolhe Amazon Sat como porta-voz das ações

Comitiva visitou grupo Amazônia Cabo para estabelecer parceria na divulgação das ações realizadas pelos deputados

Após a primeira reunião ordinária da nova diretoria do Parlamento Amazônico nesta quinta-feira (2), a comitiva composta por 14 deputados dos estados da Amazônia Legal reuniu com representantes da Amazônia Cabo. O Canal Amazon Sat, do grupo, foi escolhido para ser o porta-voz dos trabalhos realizados pelo Parlamento durante o biênio 2015/2016. Manaus foi escolhida como sede do primeiro encontro do grupo que definiu o calendário de atividades, cujo encontros serão mensais e em capitais preestabelecidas.

O presidente do Parlamento Amazônico, o deputado estadual, Sinésio Campos (PT/AM), explicou que o grupo tem como objetivo discutir as relações com as pessoas que moram nos nove estados da Amazônia Legal, projetos de integração, entre outras. “O Amazon Sat hoje está em todos os estados da Amazônia, por isso fizemos questão de no primeiro dia do Parlamento Amazônico, depois de 16 anos de existência, encontrar essa parceria. A partir de agora vamos trabalhar uma pauta específica, acima dos embates políticos dos estados, pois estamos focados nos interesses das populações”, disse.

O CEO da Amazônia Cabo, Luciano Maia, afirmou que é importante para toda a região amazônica notar que as assembleias legislativas demonstram amadurecimento com esta iniciativa. “Após 16 anos, eles se reuniram e escolheram o Amazon Sat como um porta-voz. Na verdade esse é o papel da nossa empresa, seja o Portal Amazônia, a CBN Amazônia e o Amazon Sat”, afirmou. Maia acredita que “com esse momento a região toda passa a ganhar uma representatividade muito maior”.

“Acredito que a união do Parlamento Amazônico e da visibilidade que viemos buscar aqui através do Amazon Sat, vai fortalecer muito e nos ajudar a conseguir nossos objetivos”, assegurou a titular da secretaria da mulher Edna Auzier (PROS/AP).

O representantes das assembleias legislativas de cada estado discutirão temas como a liberação da BR-174 (Manaus-Boa Vista), Linhão de Tucuruí e hidrovias do rio Madeira. A proposta é discutir como os temas afetam cada estado em questão e as consequências nos estados vizinhos. A primeira assembleia do grupo acontecerá agosto em Boa Vista (RR).

Objetivos

O Parlamento Amazônico é formado por deputados estaduais dos nove estados que compõem a Amazônia Legal brasileira: Amazonas, Acre, Amapá, Roraima, Rondônia, Mato Grosso, Pará, Maranhão e Tocantins. A atual diretoria do Parlamento Amazônico foi eleita em 11 de junho. O grupo busca soluções para problemas vivenciados na Amazônia, com alternativas que aliem desenvolvimento sustentável e crescimento econômico.

Fonte: Portal Amazônia

Deixe um comentário