Operação do Exército Brasileiro prende 4 garimpeiros em Roraima

Homens foram presos neste domingo (9) em terra indígena Yanomami.  Presos foram apresentados à PF; ‘material de garimpo’ foi apreendido.

Quatro homens que atuam em garimpos ilegais localizados na região de Surucucú, Noroeste de Roraima, na Terra Indígena Yanomami (TIY), foram presos neste domingo (9), durante a ‘Operação Escudo’, conforme informou a assessoria da 1ª Brigada de Infantaria de Selva do Exército Brasileiro no estado.

Os suspeitos de praticar garimpo ilegal chegaram em Boa Vista nesta tarde e foram apresentados à Polícia Federal, segundo informou o Exército.

De acordo com o major do Exército, Rodrigo Luiz, uma patrulha com 12 militares prendeu os suspeitos na Terra Indígena Yanomami, com pilhas, balança de precisão e outros materiais usados para garimpagem.

A ‘Operação Escudo’, que tem o objetivo de coibir ilícitos ambientais e fronteiriços, foi comandada pelo 4º Pelotão Especial de Fronteira e, segundo o Exército, contou com o apoio da comunidade indígena Koureaupe. “A ação é realizada pelos seis Pelotões Especiais de Fronteira presentes no Estado de Roraima e ocorre de forma ininterrupta durante todo o ano”, concluiu o major.

Fonte: G1

Deixe um comentário