População de Paragominas, no Pará, sofre com altas temperaturas

Em setembro deste ano choveu 33% a menos que no mesmo mês em 2014. População deve beber bastante água, diz médico.

A escassez de chuva aumenta a temperatura no município de Paragominas, no sudeste do Pará, e os termômetros já marcam 40 graus. De acordo com o Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), durante o mês de setembro deste ano, choveu 33% a menos que no mesmo período de 2014, ou seja, somente oito milímetros.

Quando sai de casa para o trabalho, o gari Waldir Ferreira Dias já sabe que vai enfrentar um tempo bem quente. ”É calor demais e a gente tem que se proteger. Todo dia eu tenho que enfrentar essa barra. Seria bom que desse pelo menos uma chuva para moderar o calor, pois está muito forte”, reclama Waldir Ferreira.

Para se proteger do calor, muitas pessoas usam sombrinhas, chapéus e até as sacolas das compras. “[As pessoas] devem utilizar bonés, óculos escuros e dar preferência por roupas que cubram os braços e tomar água frequentemente”, orienta o médico Sávio Monteiro de Souza.

Nas lojas de eletrodomésticos, as temperaturas elevadas aumentaram os lucros nas vendas de centrais de ar condicionado e ventiladores. ”Por uma lado é ruim, mas pelo outro a gente está usufruindo do calor. Em média,15% da venda é de centrais de ar e ventilador, que está saindo bastante”, conta o sub gerente da loja, Antônio Carlos.

Fonte: G1

Deixe um comentário