Carlos Klink é o novo número dois do Ministério do Meio Ambiente

O biólogo paulista Carlos Klink é o novo secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente. Ele foi nomeado nesta segunda-feira para o lugar de Francisco Gaetani, que assume a secretaria-executiva do Ministério do Planejamento.

Klink ocupava a secretaria de Mudanças Climáticas e Qualidade Ambiental do MMA. A secretaria foi responsável pela produção da INDC do Brasil, o plano climático submetido às Nações Unidas antes da conferência do clima de Paris e articulado pela ministra Izabella Teixeira. Sua secretaria também foi responsável por produzir o Plano Nacional de Adaptação às Mudanças do Clima, que está em consulta pública.

Especialista em ecologia do cerrado, Klink fez doutorado na Universidade Harvard, nos EUA, e tem uma carreira em organizações ambientais. Foi presidente do Ipam (Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia), coordenador do Programa de Agricultura e Conservação da TNC (The Nature Conservacy) e é conselheiro científico do IEB (Instituto Internacional de Educação do Brasil) e do Ipê (Instituto de Pesqusas Ecológicas). Seu substituto na secretaria ainda não foi definido.

Fonte: Observatório do Clima

Deixe um comentário

Um comentário em “Carlos Klink é o novo número dois do Ministério do Meio Ambiente

  • 26 de fevereiro de 2016 em 10:54
    Permalink

    Grande Dr Carlos Klink, inteligente, e tenho certeza que fará um belo trabalho em prol do Brasil e da Humanidade, pois meio ambiente não tem divisas, como fosse possível separar as nações através de vidraças ou muros. O que se faz por um pais está fazendo em prol da mãe Terra.
    Grande escolha.

Fechado para comentários.