Agroindústria será implantada para apoiar indígenas

A deputada Lúcia Tereza (PP) disponibilizou emenda parlamentar para atender a associação Gabawabe, da qual fazem parte as mulheres indígenas da aldeia Betel, etnia Suruí, a 12 km do distrito de Pacarana, em Espigão do Oeste. A parlamentar disse apoiar a exploração ambiental de maneira correta praticada por esses índios. A emenda tem como objetivo a aquisição e implantação de uma agroindústria para o beneficiamento da castanha.

A produção é estimada em mais de 300 toneladas na região, e vem sendo comercializada pela associação de maneira artesanal. Com isso perde valor de mercado e os atravessadores são beneficiados. Com a implantação da agroindústria, o produto será industrializado, agregando mais valor à castanha, assim como trará novas perspectivas de negócios aos associados da Gabawabe. “A produção da castanha é muito forte na região do Pacarana, o que falta é o incentivo para que os produtores possam melhorar a qualidade de seus produtos e assim conseguirem melhores preços em novos mercados”, afirmou o cacique Miguel Suruí, durante sua visita à deputada Lúcia Tereza.

Segundo o líder Suruí, a instalação desse projeto da agroindústria garantirá a valorização da castanha na região. “Com isso os parentes, tanto Suruí quanto Zoró e Cinta Larga, vão ter um ganho bem melhor na comercialização de sua safra de castanha”, destacou Miguel Suruí.

Artesanato

Outra propositura do líder Suruí junto à deputada Lúcia Tereza foi o apoio às mulheres que trabalham com a produção do artesanato indígena. Segundo ele, as índias desenvolvem timidamente o trabalho na confecção de redes e tapetes de maneira artesanal na aldeia.“É um trabalho muito bom e que se for divulgado pode ser uma boa fonte de renda para essas famílias. Vamos solicitar à nossa deputada através da associação Gabawabe uma emenda para a aquisição de linhas, barbantes e outros produtos para ampliar essa produção artesanal das mulheres da associação”, afirmou Miguel Suruí.

Ele agradeceu o empenho da deputada Lúcia em apoiar as iniciativas de sua comunidade. A parlamentar garantiu a colocação de emenda para a aquisição da agroindústria da castanha, assim como apoio ao trabalho das mulheres indígenas com o artesanato.

Fonte: Rondoniagora

Deixe um comentário

Um comentário em “Agroindústria será implantada para apoiar indígenas

  • 11 de agosto de 2016 em 10:33
    Permalink

    Olá,

    Somos a Lafaline, uma empresa do grupo Lafaiete com 50 anos, e estamos à disposição para Projetar e Orçar seus mobiliário Técnico e corporativo.

    Estamos à disposição.

    Atenciosamente;
    Equipe de Projetos
    11-2211-5711
    http://www.lafaline.com.br

Fechado para comentários.