Capitais da Amazônia têm manifestações em apoio ao governo Dilma

O Repórter Amazônia traz informações dos protestos em Manaus (AM), Belém (PA) e de São Luís (MA), Palmas (TO), Cuibá (MT), e outras cidades

Capitais da Amazônia têm manifestações em apoio ao governo Dilma Rousseff. Em Palmas, no Tocantins, cerca de 500 pessoas já estavam reunidas na Avenida JK, em frente a Escola São Francisco, para a manifestação marcada para começar às 18h30, horário local.

Desde às 16h, manifestantes também se reúnem na Praça Veiga Cabral, em Macapá. Em Rio Branco, no Acre, o protesto acontece em frente ao Palácio do Governo, a partir das 18h.

No Mato Grosso, dois atos diferentes acontecem neste momento no centro da capital Cuiabá. Cerca de 200 pessoas, de acordo com a Polícia Militar, estão na Praça Alencastro, que recebe o Ato Em Defesa Da Democracia Da Frente Brasil Popular, movimento à favor de Dilma e Lula. Outro grupo marcou para às 18h, protesto pedindo o impeachment da presidenta, na Praça 8 de Abril. De acordo com a Secretaria Segurança Pública, os manifestantes farão trechos diferentes para evitar confrontos.

O Repórter Amazônia também traz informações dos protestos em Manaus (AM), Belém (PA) e de São Luís (MA). Para ouvir clique no player no topo da matéria.

Pela manhã, integrantes do Movimento dos Atingidos por Barragens fecharam a BR-364 em Candeias do Jamari, Rondônia, a 25 quilômetros de Porto Velho. A rodovia ficou interditada das 8h às 11h45. No bloqueio havia faixas de apoio à presidenta Dilma Rousseff. O grupo também cobrava direitos das famílias atingidas pela usina hidrelétrica de Samuel.

Teve também protesto contra o governo. De acordo com Polícia Rodoviária Federal, por volta das 7h, caminhoneiros e populares bloquearam o trânsito em rodovias que ligam o Mato Grosso ao Pará. Na BR-163, dois pontos foram interditados: nos municípios de Lucas do Rio Verde e Nova Mutum. Também teve bloqueio no quilômetro 614, da BR-364, em Diamantina.

Fonte: Radio Nacional da Amazônia – EBC

Deixe um comentário