Acusados de furto de madeira em Nova Colina são presos

Três homens foram presos, na tarde de terça-feira, dia 05, acusados de furto de madeira apreendida. O caso aconteceu na Vila Nova Colina, no Município de Rorainópolis, Sul do Estado. Segundo informações da Polícia Civil, aproximadamente 190 toras de madeiras, das espécies maçaranduba e angelim, que haviam sido apreendidas em uma operação conjunta entre a Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh) e as polícias, Civil e Militar, no Io deste mês, estavam sendo retiradas do local onde estavam apreendidas.

Na ação, a polícia prendeu Juliel Nascimento dos Santos, de 27 anos, Bruno Flores da Silva, de 31 anos, e André Merlis da Silva, de 35 anos. O trio foi preso em flagrante enquanto retirava a madeira da Serraria Boa Vista, que fica localizada na entrada de Nova Colina, com a intensão de levar o material para outra serraria.

Segundo o delegado Paulo Migliorin, os infratores estavam utilizando duas pás carregadeiras para manusear as toras de madeiras. “No momento em que a polícia chegou, foi verificado que o local onde estava a madeira havia sido violado pelos infratores. Quando foi feita uma revista em um dos suspeitos, foi visto que ele estava entrando em contato com o dono da serraria, conhecido como Rogerinho, utilizando mensagem de voz do aplicativo WhatsApp. Ele avisou ao proprietário que a polícia estava no local”, relatou Migliorin.

Os três suspeitos foram presos e encaminhados à delegacia de Rorainópolis, onde foram autuados e devem prestar esclarecimentos na audiência de custódia. Também o telefone celular utilizado pelo infrator para se comunicar com o dono da serraria foi apreendido, para auxiliar nas investigações.

Fonte: Folha de Boa Vista

Deixe um comentário