Incêndio consome Parque Nacional de Chapada dos Guimarães

Um incêndio de grandes proporções vem consumindo o Parque Nacional de Chapada dos Guimarães (distante 65 quilômetros ao norte de Cuiabá) a uma proporção diária de 152,5 hectares. Como o incêndio foi detectado no último dia 25 de julho, nada menos que 1.830 hectares.

Isso equivale a mais de mil campos oficiais de futebol. O Parque Nacional mede 33 mil hectares e vem sofrendo os efeitos do tempo seco e da combustão há quinze dias. O resultado, além da destruição de vegetação, fuga e morte de animais, é a proibição de acesso a alguns dos mais conhecidos pontos turísticos de Mato Grosso, localizados dentro do perímetro do parque.

Outros dois mil hectares da Área de Proteção Ambiental, localizada no município de Chapada dos Guimarães propriamente dito, também foram destruídos.

Várias equipes de brigadistas e do Corpo de Bombeiros tentam controlar a fúria das chamas. Tem funcionado em termos, para mitigar a destruição, mas não para manter aberta a visitação ao ponto alto de quem vai até lá — a trilha e a aproximação da cachoeira Véu das Noivas, proibida desde quarta-feira (4).

Seguem abertos a Cachoeirinha e a Cachoeira dos Namorados, segundo informou o Instituto Chico Mendes, responsável pela administração do lugar. Além dos prejuízos à fauna e à flora, o trânsito também está prejudicado na rodovia MT-251 devido à fumaça gerada pelas chamas.

As queimadas estão proibidas desde o dia 15 de julho e o período de proibição — inclusive para os chamados aceiros controlados em áreas rurais, independente se para limpeza ou manejo — até 15 de setembro.

HISTÓRICO RUIM — No ano passado, Mato Grosso ocupou o segundo lugar em número de focos de incêndio, com 30.000 ocorrências do tipo registradas pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Denúncias sobre focos de queimada e incêndios ou a prática ilegal das mesmas podem ser feitas por telefone à ouvidoria da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), no número 0800 65 3838, ao Corpo de Bombeiros, no número de emergência 193, ou diretamente nas secretarias municipais de Meio Ambiente.

Fonte: Diário de Cuiabá

Deixe um comentário

Um comentário em “Incêndio consome Parque Nacional de Chapada dos Guimarães

  • 9 de agosto de 2016 em 11:30
    Permalink

    Essa notícia é velha. Os incêndios foram controlados.

Fechado para comentários.