MPF/MT e Funai elaboram cartilha eleitoral na língua Xavante

O Ministério Público Federal em Barra do Garças (MT) e a Fundação Nacional do Índio (Funai) elaboraram cartilha bilíngue (Português-Xavante) com instruções para as Eleições 2016. O dispositivo tem o intuito de instruir acerca das atribuições do cargo de prefeito e vereador, além de orientar no combate às irregularidades eleitorais. A cartilha, sobretudo, é um fator de inclusão da comunidade Xavante no exercício da cidadania.

A cartilha destaca que “embora as comunidades indígenas tenham sua organização e lideranças internas respeitadas pela Constituição Federal, é importante para a população Xavante, bem como para as demais etnias indígenas, que participem ativamente do processo eleitoral dos municípios a que pertencem”.

Outros destaques da cartilha são as irregularidades eleitorais como transporte irregular de eleitores, aliciamento do eleitor (compra de votos) e uso da máquina administrativa (uso de bens ou serviços públicos para fins de campanha eleitoral).

Acesse aqui a cartilha.

Fonte: Assessoria de Comunicação do Ministério Público Federal/MT

Deixe um comentário