Peça teatral em Macapá retrata tribo indígena futurista da Amazônia

Ficção propõe mostrar uma tribo de índios albinos, isolados e nômades. Apresentação será no dia 10 de fevereiro, no Teatro das Bacabeiras.

Obra é do Movimento Cultural Desclassificáveis que trabalha com simbologia indígena (Foto: Divulgação)
Obra é do Movimento Cultural Desclassificáveis que trabalha com simbologia indígena (Foto: Divulgação)

Uma peça teatral quer mostrar para o público uma tribo de índios albinos, isolados e nômades de uma Amazônia futurista. A apresentação vai acontecer no dia 10 de fevereiro, no Teatro das Bacabeiras, no Centro de Macapá.

A ficção é do Movimento Cultural Desclassificáveis, que trabalha com apresentações de dança e teatro inspirados em contos, lendas, causos, mitologia, literatura e o universo simbólico indígena. O novo trabalho do grupo faz parte da trilogia “Kayeb – Na Pegada Da Cobra Grande”, uma adaptação e releitura da Cosmologia dos Povos Indígenas do Uaça e Baixo Oiapoque no Estado do Amapá (AP).

Segundo o grupo teatral, a montagem propõe um confronto simbólico e narrativo retratado em cena na relação entre os seres da Terra e o mundo dos invisíveis e encantados que habitam principalmente as águas profundas onde inicia a origem do planeta. O enredo aborda que a tribo futurista e peculiar é quase inexistente devido as ações do “homem branco”.

O elenco conta com os atores Adalton Baia, Ana Paula Vilhena, Hugo Borsantos, Jhou Santos, Jubson Blada e Kayke Sampaio. A direção e dramaturgia é de Paulo Alfaia.

Serviço:

Kayeb – Na Pegada Da Cobra Grande
Data: 10 de fevereiro
Horário: 19h
Local: Teatro das Bacabeiras
Ingressos: R$10,00 (Inteira) e R$ 5,00 (Meia)
Posto de vendas: bilheteria do Teatro das Bacabeiras

Fonte: G1

Deixe um comentário