General indicado pelo PSC é nomeado para presidir a Funai

Após 25 anos comandada por civis, a Funai (Fundação Nacional do Índio) voltará a ser presidida por um militar. O ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) nomeou nesta terça-feira (9) para o cargo, de forma interina, o general do Exército Franklimberg Ribeiro de Freitas, 61, que até janeiro era assessor de relações institucionais do CMA (Comando Militar da Amazônia), em Manaus (AM).

O último militar a presidir a Funai foi o sargento da Aeronáutica Cantídio Guerreiro, durante parte do governo Fernando Collor, de agosto de 1990 a julho de 1991. Cantídio era amigo do atual senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Franklimberg é uma indicação do partido conservador PSC (Partido Social Cristão), presidido por um evangélico, Pastor Everaldo (RJ). Em agosto do ano passado, o PSC tentou emplacá-lo na presidência da Funai, mas não obteve sucesso e o militar acabou destinado a uma das diretorias da fundação, de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável.

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe um comentário