Feira reúne cultura de indígenas e extrativistas em Altamira, no Pará

Evento realizado no último final de semana promoveu intercâmbio entre povos tradicionais da floresta e visitantes.

Uma feira realizada pela Fundação Nacional do índio (Funai) e Instituto Chico Mendes de Conservação reuniu no último final de semana 180 indígenas e extrativistas da área do Xingu em Altamira, no sudoeste do Pará. Foi uma oportunidade de conhecimento e intercâmbio entre os povos tradicionais da floresta e os visitantes.

A II Feira dos Povos do Médio Xingu foi realizada na orla de Altamira e atraiu muitas pessoas, interessadas em conhecer de perto o modo de vida das populações tradicionais do município. Nove etnias apresentaram os artefatos indígenas produzidos dentro das aldeias como bancos, arcos, flechas e peças coloridas, que guardam a história de uma cultura milenar.

“Para nós é muito importante trazer diretamente pra Altamira, pro pessoal conhecer o nosso trabalho, que é feito dentro da comunidade, tanto pelas nossas mulheres, pelas nossas crianças. É um regate pra nós, estar aqui trazendo pro pessoal conhecer a valorização da nossa cultura”, disse o cacique Leo Xipaia.

Das florestas extrativistas foi apresentada a diversidade dos produtos naturais, óleos e farinhas. Uma oportunidade de mostrar o que as comunidades produzem em meio à preservação. Também teve musica tocada pelos extrativistas.

Fonte: G1

Deixe um comentário