5 razões para comemorar o “não” que o Ibama disse à Total

Lucrar com o petróleo de perto dos Corais da Amazônia é um sonho cada vez mais distante para a empresa francesa.

Dias atrás, nós celebramos a notícia de que o Ibama rejeitou o estudo da empresa Total, que quer explorar petróleo perto dos Corais da Amazônia. Isso significa que os planos (absurdos) dessa petrolífera francesa estão um pouco mais difíceis de se realizarem. E que nós, defensores dos Corais, estamos ganhando nossa luta!

Temos motivos para comemorar com todo mundo que também quer que o petróleo fique longe desse ecossistema único. Cinco razões para comemorar o “não” que o Ibama disse à Total:

1. Mais de 1,2 milhão de pessoas foram ouvidas

Quando o Ibama diz “não” à Total está lado a lado com o desejo dos milhares de defensores dos Corais da Amazônia que assinaram a petição. Nós dizemos “não” à ganância das petrolíferas e “sim” à vida submarina preservada!

2. A carta que cientistas assinaram surtiu efeito

Pouco tempo atrás, cientistas renomados assinaram esta Carta Aberta. Eles destacam que o recife recém-revelado significam muito para a biologia marinha. E expressando sua preocupação com os riscos que a exploração petrolífera representa para a região.

3. O Ibama considerou os (muitos) defeitos do estudo da Total

via GIPHY

Os documentos que a empresa entregou ao Ibama são cheios de falhas e dados insuficientes, segundo o próprio órgão ambiental. O Greenpeace já tinha destacado alguns desses problemas. Por exemplo, em caso de um vazamento, há uma chance de 30% do óleo atingir a região dos recifes. Isso já é inaceitável em qualquer caso. É ainda pior quando estamos falando de um bioma único no mundo e pouco estudado.

4. O “não” definitivo está próximo

via GIPHY

A Total tem uma última chance para dar ao Ibama novos dados e tentar a licença. Mas acreditamos que o Ibama vai manter sua postura e defender os Corais da Amazônia. Funcionários do órgão inclusive apoiaram nosso protesto pacífico semanas atrás.

5. Isso nos dá mais forças para continuar nossa campanha

via GIPHY

Começamos a defender os Corais da Amazônia em janeiro e o movimento só cresce. Agora, vemos que tudo valeu a pena.

A rejeição da licença é uma importante vitória de todos que se mobilizaram pela defesa dos Corais da Amazônia. Mas ainda precisamos manter a pressão para que a Total não continue tentando emplacar seu projeto de explorar petróleo ali. Ajude-nos a continuar esse trabalho entre para o nosso time de doadores e vista a camisa em nome dos Corais da Amazônia.

Fonte: Greenpeace

Deixe um comentário

Um comentário em “5 razões para comemorar o “não” que o Ibama disse à Total

  • 16 de março de 2018 em 10:11
    Permalink

    Eu sou a favor dos Corais da Amazonia, vamos vestir a camisa desta importantíssima luta contra a empresa francesa e todas as demais que por ventura insistirem nesse assassinato ao nosso ecossistema brasileiro.
    SIM a defesa dos Corais da Amazônia
    NÃOOOO à ganância das petrolíferas e “sim” à vida submarina preservada!

    Por fim, gostaria de participar mais efetivamente e tomar conhecimento dessa causa para divulgar a todos.
    Anderson F. Souza
    São Paulo Capital

Fechado para comentários.