Polícia investiga morte de italiano em Igarapé-Miri, no Pará

O crime ocorreu no dia 17 de novembro, mas só foi divulgado pela polícia nesta quarta-feira, 29. Mário Simone tinha 51 anos e era aposentado pela polícia italiana.
Mário Simone (Foto: Reprodução Facebook/Divulgação)

A Polícia Civil de Igarapé-Miri confirmou nesta quarta-feira (29) que investiga a morte do ex-policial italiano Mário Simone, de 51 anos. A vítima foi assassinada em frente a sua casa no dia 17 de novembro em Igarapé-Miri, no nordeste do Pará.

De acordo com o delegado Tárcio Martins, Mário estava trabalhando em uma obra na garagem de sua casa quando quatro homens armados chegaram de moto e dispararam contra o italiano. Os criminosos estavam com os rostos cobertos por capuz. A vítima chegou a receber os primeiros socorros no hospital do município, mas em seguida foi transferido para os Prontos-Socorros do Guamá e da 14 de Março, em Belém, indo parar por último no Hospital Metropolitano, em Ananindeua, onde veio falecer na última segunda-feira (27). O corpo foi encaminhado para o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), onde foi liberado para sepultamento.

Ainda segundo Tárcio Martins, os quatro criminosos já foram identificados e a polícia está investigando o paradeiro deles.

Ainda não se sabe o motivo do assassinato, mas, em maio de 2016, o italiano já havia evitado uma tentativa de roubo em sua casa e espantado um assaltante. Simone se mudou para o Brasil há 10 anos, após ter se aposentado da Arma dos Carabineiros, força policial militar da Itália, e se separado da esposa.

Fonte: G1 PA, Belém

Deixe um comentário