Demanda por energia elétrica atingiu novo recorde nesta quarta-feira

ONS atribui aumento às altas temperaturas em todo o país

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) registrou, nesta quarta-feira (16), mais um recorde na demanda por energia elétrica, com a carga atingindo 87.000 megawatts (MW). A demanda foi superior ao apurado ontem (15), quando a carga máxima registrada no sistema interligado do país atingiu 85.800 MW. Os dois valores superam o recorde anterior, do dia 5 de fevereiro de 2014, quando a demanda máxima chegou a 85.708 MW.

Segundo o ONS, a demanda subiu por causa das altas temperaturas que ocorrem em todo o país. Os picos de demanda ontem e hoje foram registrado no período da tarde.

O ONS informou que os recordes de demanda ocorreram em dias atípicos, em que também houve restrições importantes no sistema de operação. A primeira restrição refere-se à indisponibilidade do linhão de transmissão do bipolo que atende a Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

A segunda restrição é relativa à “indisponibilidade de parte da transmissão em usinas do Rio Madeira, em Rondônia, decorrente de um problema técnico na subestação de Porto Velho”, acrescentou o ONS.

O operador destacou que as causas das restrições nas linhas de transmissão ainda estão sendo analisadas. Hoje, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) disse que também está investigando as ocorrências. “Apesar dessas ocorrências no SIN [Sistema Integrado Nacional], não houve interrupção no fornecimento de energia, sendo atendidos os critérios de operação referentes à tensão e frequência”, disse o ONS.

Por: Luciano Nascimento
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Nádia Franco

Deixe um comentário