Estudos defendem redução no consumo de carnes para melhorar vida do planeta

Políticas de controle sobre produtos de origem animal são consideradas essenciais para impedir intensificação de desastres ambientais

Em sua coluna para o Seu Jornal, da TVT, o comentarista internacional Flávio Aguiar chamou a atenção para diversos relatórios científicos de diferentes procedências que vêm apontando a necessidade de elaboração de uma política de redução sobre o consumo de carnes, em até 50%, para melhorar a saúde em escala planetária e evitar desastres ambientais em um futuro próximo.

Além da redução, os estudos propõem paralelamente um aumento no aproveitamento de grãos, frutas, vegetais, legumes e cereais, mas desde que os modos de produção desses alimentos não prejudiquem o meio ambiente.

“Por exemplo, por meio do uso excessivo, descontrolado muitas vezes, de pesticidas como ocorre em várias partes do mundo”, adverte o comentarista sobre os impactos negativos de agrotóxicos e substâncias tóxicas. Flávio Aguiar pondera, no entanto, que os caminhos para a redução demandam equilíbrio, mas é fundamental essa diminuição para evitar que perspectivas de um desastre ambiental, como o aquecimento global, sejam intensificadas.

Assista ao comentário

Fonte: Rede Brasil Atual

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.