Datafolha: 86% dos brasileiros rejeitam mineração em terras indígenas

Vista aérea de atividade de mineração na Renca

Pesquisa divulgada hoje pelo Datafolha afirma que a maioria dos brasileiros rejeita a proposta de permitir a entrada de empresas de mineração em Terras Indígenas. O assunto tem sido foco do presidente Jair Bolsonaro, que prometeu um projeto para legalizar os garimpos ainda na próxima semana e ressaltou que pretende viabilizar a atividade em territórios indígenas.

Questionados se o governo deveria permitir a entrada de empresas para explorar terras indígenas, 86% se posicionaram contra, 7% concordam apenas em parte e 7% afirmaram serem favoráveis. Foram realizadas 2.088 entrevistas em 168 municípios entre 04 e 06 de junho de 2019. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Os dados foram divulgados pelo jornal Folha de São Paulo.

A pesquisa foi encomenda pelo Instituto Socioambiental (ISA) e aponta que a rejeição se dá em todas as classes sociais, faixas etárias e gêneros pesquisados.

A mineração é uma atividade altamente impactante, podendo contaminar os cursos d’água, o solo e a fauna e flora locais, impactando a vida dos povos que dependem das florestas. Atualmente a Constituição estabelece que a mineração pode ser realizada a partir da aprovação de uma lei pelo Congresso Nacional.

Fonte: Amazônia.org

Deixe um comentário