PF fecha garimpo ilegal de 1 milhão de m² em Terra Indígena Apyterewa, sudeste do Pará

Comunidade fica no município de São Félix do Xingu. Equipamentos apreendidos foram inutilizados e proprietário vai responder pelos crimes ambientais e extração ilegal de minério.

A Polícia Federal fechou, na sexta-feira (25), um garimpo ilegal de 1 milhão de m² na Terra Indígena Apyterewa, em São Félix do Xingu, sudeste do Pará. Maquinários e documentos foram apreendidos no local. Ninguém foi preso. A ação faz parte da operação “Azougue” e teve apoio do Ibama, Ministério Público Federal e Polícia Civil.

Segundo a PF, no local foram encontrados sete pás carregadeiras, um trator de rodas, 10 conjuntos de motor-bomba, equipamentos menores, mercúrio, ouro e munições de armas de fogo. Segundo a Polícia, com a apreensão e inutilização dos equipamentos o proprietário do garimpo ilegal teve prejuízo superior de R$ 2 milhões, além de ter sido identificado devido aos documentos encontrados no local e por isso vai responder criminalmente na Justiça por crimes ambientais e extração ilegal de minério da União.

Fonte: G1 PA

Deixe um comentário