Programação oficial do Círio de Nazaré começa hoje em Belém

Belém - Círio de Nazaré, grande procissão rumo a Praça Santuário de Nazaré (Wilson Dias/Agência Brasil)
Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Uma das maiores manifestações religiosas do Brasil, o Círio de Nazaré começa oficialmente hoje (8), em Belém, no Pará. A expectativa da secretaria estadual de Turismo é que, até o fim do mês, o evento atraia 83 mil turistas que prestigiarão a procissão que, entre moradores da região e pessoas de fora, costuma reunir milhões de pessoas.

Segundo a secretaria estadual de Segurança Pública, em 2018, só a principal das 12 romarias em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré reuniu aproximadamente 2 milhões de turistas e romeiros.

O Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) calcula que, este ano, o evento movimentará em torno R$ 1 bilhão, beneficiando principalmente a hotelaria e o comércio local.

Para garantir a tranquilidade, um forte esquema foi montado. Em sua página na internet, a prefeitura de Belém informa que mais de 25 mil servidores de órgãos municipais, estaduais e federais, incluindo das Forças Armadas, atuarão de forma integrada até o fim do mês para garantir a segurança e organização ao longo dos trajetos – que incluem uma procissão fluvial e uma moto romaria, entre outras manifestações de fé.

Câmeras

De acordo com a secretaria estadual de Segurança Pública e Defesa Social, 50 câmeras estão instaladas ao longo do percurso e entorno das vias onde passam as principais romarias, 15 a mais que em 2018.

O videomonitoramento será acompanhado do Centro de Comando e do Centro Integrado de Operações (Ciop) para que, em caso de necessidade, o agente de segurança mais próximo do local da ocorrência possa ser acionado e atue de forma rápida.

Apesar do aparato de segurança, a Guarda Municipal de Belém (GMB) recomenda que os romeiros evitem usar celulares e outros objetos que chamem a atenção, e que, em situação de perigo, não reajam e, tão logo seja possível, procurem um agente público ou liguem 153 (disque denúncia).

Uma missa na Basílica Santuário, às 18 horas de hoje, inaugura, oficialmente, a 227ª edição do Círio, que este ano celebra os 30 anos de criação da Diocese de Belém.

A primeira romaria oficial da programação será na sexta-feira (11), quando a imagem da santa será trasladada da Basílica até a Igreja de Nossa Senhora das Graças, em Ananindeua, na região metropolitana da capital paraense.

O percurso de 47 quilômetros é o mais extenso e de maior duração em toda a programação, e os fiéis costumam percorrê-lo a pé, de bicicleta, motocicleta ou de carro – além de milhares de pessoas que se postam ao longo do trajeto para ver a passagem do cortejo.

Vendas aquecidas no comércio

A movimentação econômica durante o Círio deve gerar 60 mil postos de trabalho – a maioria, informais. Conforme a comerciante Edvani Santos contou em entrevista à Rádio Nacional da Amazônia, da EBC, os estabelecimentos se preparam com especial dedicação para aproveitar o evento.

“A gente se programa antecipadamente com os estoques e menu diferenciado e menu degustação do círio com várias amostras de pratos regionais”, explicou a funcionária de um restaurante que funciona no bairro Nazaré, em Belém. Segundo Edvani, durante o período das festividades, o movimento no restaurante Olho de Boto chega a dobrar.

Dona de uma floricultura em Belém, Silvia Cavaleiro destaca que a tradicional celebração religiosa impulsiona o comércio de flores. “Há muitos encontros de famílias e os paraenses se preocupam em arrumar suas casas. As pessoas compram flores para ornamentar a santa e para receber os convidados”, finalizou

Com informações da repórter Renata Martins, da Rádio Nacional da Amazônia

Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Kleber Sampaio

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.