Revista Time coloca Raoni como um dos favoritos ao Nobel da Paz

Ao descrever o perfil dele, a revista destacou as críticas que o líder indígena brasileiro cacique Raoni Metuktire vem fazendo à política ambiental de Jair Bolsonaro. “Como chefe indígena brasileiro, Raoni Metuktire passou a vida protegendo sua casa, a floresta amazônica”, diz a publicação

Raoni Metuktiree
Raoni Metuktiree (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Considerada uma das mais influentes do mundo, a revista norte-americana Time, divulgou no início desta semana uma matéria em que aponta aqueles que considera favoritos para ganhar o Prêmio Nobel da Paz 2019 – será divulgado nesta sexta-feira (9). A publicação listou seis nomes, entre as 301 indicações, sendo 223 pessoas e 78 organizações que estão concorrendo, que teriam mais chances de levar o prêmio. Eentre eles está o líder indígena brasileiro cacique Raoni Metuktire.

Ao descrever o perfil dele, a revista destacou as críticas que Raoni vem fazendo à política ambiental de Jair Bolsonaro.

“Como chefe indígena brasileiro, Raoni Metuktire passou a vida protegendo sua casa, a floresta amazônica. Metuktire, 89 anos, viajou para a Cúpula do G7 de 2019 em agosto deste ano para discutir a Amazônia com os líderes mundiais, depois que um aumento nos incêndios destruiu grande parte da floresta tropical. Metuktire criticou o presidente Jair Bolsonaro e sua exploração da Amazônia. Desde sua posse em janeiro deste ano, a taxa de desmatamento aumentou em até 92%, de acordo com imagens de satélite”, diz a publicação.

O ex-presidente Lula não consta na lista da Time, mas é tido como um concorrente de peso. Ele, inclusive, tem o apoio de Adolfo Pérez Esquivel, escritor e ativista de direitos humanos argentino. Esquivel ganhou o Nobel da Paz em 1980.

Fonte: Brasil 247

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.