Comitiva de senadores vai ao Pará fiscalizar hidrelétrica de Belo Monte

05.09.2017 Usina hidrelétrica de Belo Monte, no Pará.
Parlamentares vão avaliar cumprimento de ações destinadas a minorar impactos da construção da usina

Uma comitiva de senadores da Subcomissão Temporária da Usina de Belo Monte estará no Pará, na segunda-feira (25), para fiscalizar instalações da hidrelétrica. Sob a coordenação do senador Zequinha Marinho (PSC-PA), presidente da subcomissão, o grupo verificará a situação da obra e o cumprimento das ações condicionantes socioeconômicas e ambientais na região.

Belo Monte terá a última de suas 18 turbinas inaugurada oficialmente na quarta-feira (27) pelo presidente da República, Jair Bolsonaro. Apesar da conclusão da obra da usina, a Norte Energia — empresa responsável pela construção e operação — ainda continuará à frente das ações sociais e ambientais para mitigar o impacto do empreendimento na região. Com as 18 turbinas da casa de força principal em operação comercial e uma potência instalada de 11,2 mil megawatts, Belo Monte é a maior hidrelétrica 100% brasileira. O empreendimento terá a capacidade para atender 60 milhões de pessoas.

— Belo Monte é a terceira maior usina hidrelétrica do mundo, atrás de Três Gargantas, na China, e da binacional Itaipu. Por sua expressividade e importância, não apenas para o estado do Pará, como também para o Brasil, o Senado, por meio da subcomissão, vem acompanhando o andamento dessa grande obra — analisa Zequinha.

Segundo o parlamentar, mais do que conferir a conclusão das obras da hidrelétrica, a comitiva verificará o andamento das ações condicionantes determinadas para reduzir ou compensar os impactos sociais e ambientais da usina.

— É inegável que a hidrelétrica trouxe coisas boas para a região. Foram investidos mais de R$ 6 bilhões em 117 programas socioambientais. Nessa ida até a região, vamos verificar o que andou, o que precisa ser concluído. É preciso garantir que a população local seja beneficiada pelo empreendimento — defendeu.

Além da visita à hidrelétrica, a comitiva participa de reunião técnica no Centro de Cursos e Convenções, em Altamira (PA). A diretoria da Norte Energia e representantes da sociedade civil organizada participam do evento, que tratará do cumprimento das ações condicionantes.

Os senadores Lucas Barreto (PSD-AP), relator da Subcomissão de Belo Monte, e Elmano Férrer (Podemos-PI) se juntam a Zequinha Marinho na visita a Belo Monte. As informações colhidas durante a estadia no Pará serão incorporadas pelo relator em seu parecer, que será apresentado no final deste ano.

PROGRAMAÇÃO
Dia 25/11 (segunda-feira)
8h: encontro no aeroporto de Altamira e saída para as obras da Usina de Belo Monte
11h: retorno das obras de Belo Monte para Altamira
13h: reunião técnica no Centro de Cursos e Convenções
(Rua Acesso II, s/nº. Bairro Premem)
16h30: encerramento

Fonte: Agência Senado

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.