Servidores ambientais anunciam que irão denunciar o presidente Jair Bolsonaro a ONU

Foto: Sérgio Lima/Poder 360

A Associação Nacional dos Servidores da Carreira de Especialista em Meio Ambiente (Ascema) divulgou uma nota pública dizendo que denunciará o presidente Jair Bolsonaro à ONU e ao Congresso Nacional pelas ameaças contra os servidores. No dia 1º de novembro, Bolsonaro fez uma transmissão em suas redes sociais e na visão do presidente, os servidores que atrapalharem o desenvolvimento do Brasil deveriam ir para a “ponta da praia”

“Ponta da praia” foi uma gíria usada por militares para o destino de presos políticos que seriam mortos sob tortura na base militar da Marinha. Na nota, Ascema acrescenta: “o presidente da república, nos obriga, com suas declarações, a rememorar o que foi aquele período obscuro do país, do qual ele e seus filhos têm tanta saudade”. A live feita por Bolsonaro falava sobre a dificuldade de Luciano Hang, dono da Havan, em conseguir uma licença ambiental para construir uma loja da rede, em Rio Grande-(RS).

O governo de Bolsonaro vem acompanhado de seguidas ameaças à alguns órgãos e instituições, como STF, à imprensa, aos servidores públicos, a população tradicional e a falta de posicionamento referente aos crimes ambientais que vem ocorrendo no nosso país. Diante disso, a Ascema deixou claro seu posicionamento e que tomará as medidas cabíveis para proteger a integridade física dos servidores e a dignidade humana.

Fonte: Amazônia.org

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.