Queimadas na Amazônia sofreram aumento de 30% em 2019, afirma INPE

Fogo em Altamira, Pará, em agosto de 2019. Foto: Victor Moriyama/Greenpeace.

O ano de 2019 teve um aumento de 30% do número de focos de queimadas na Amazônia em relação a 2018, é o que informa o Instituto NaCional de Pesquisas Espaciais (Inpe) através do Programa Queimadas. O bioma Amazônia registrou, ao todo, 89.178 focos, enquanto o ano anterior totalizou 68.345. É o maior índice desde 2017 que contabilizou 107.439 focos.

2019 não foi um ano caracterizado por extrema seca, mas o desmatamento em conjunto com a ação humana, como o Dia do Fogo, por exemplo, deram as mãos para o aumento das queimadas. Em agosto de 2019, teve início o pico de queimadas do bioma, com 30.901 focos, seguido de setembro com 19.925 focos de queimadas.

FOCOS DE QUEIMADAS NA AMAZÔNIA DE 2010 A 2019 – Infogram

Por: Sabrina Rodrigues
Fonte: O Eco

Deixe um comentário