Mulher, preta, amazônica: Vivi Reis é a 5ª vereadora mais votada de Belém, no Pará

Candidata pelo Psol teve mais de 9 mil votos; outras três mulheres pretas foram eleitas por PT e Psol

Vivi Reis é fisioterapeuta, membro do Coletivos Juntas e Juntos e da Rede Emancipa de Educação Popular – Assessoria

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou que 100% das urnas de Belém do Pará foram apuradas. Com o resultado, haverá segundo turno entre o candidato do Psol, Edmilson Rodrigues e do Patriota, delegado federal Eguchi. Entre os 35 vereadores que irão compor a Câmara Municipal de Belém, Vivi Reis (Psol) aparece como a quinta mais votada com 9.654 votos. Além dela, outras três mulheres pretas irão compor a casa. 

“Esse resultado significa que ainda há esperança e que o projeto da Marielle vive e pode ocupar todas as cidades para essa virada do poder, para que a gente esteja nos espaços de decisão e não, apenas, em um lugar que querem reservar para as mulheres negras da periferia. Esse é um projeto da luta feminista, antirracista, antilgtbfóbica e em defesa da Amazônia”, disse Vivi ao Brasil de Fato sobre a sua vitória. 

Além dela, outras três mulheres pretas foram eleitas para a casa: Lívia Duarte (Psol), Bia Caminha (PT), a candidata mais jovem a ser eleita como vereadora na cidade, Enfermeira Nazaré (Psol), além de Fernando Carneiro (Psol). 

No Pará, mais de 17 mil urnas eletrônicas foram utilizadas em aproximadamente 18 mil seções eleitorais. Em Belém, capital do estado, 91,30% dos eleitores paraenses votaram, 4,55% anularam e 4,15% votaram em branco. 

Por: Catarina Barbosa
Fonte: Brasil de Fato

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.