BID irá financiar projetos sustentáveis na Amazônia com fundo de até US$ 1 bilhão

Em evento virtual nesta quinta-feira (18), o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciou a criação de um fundo para desenvolver projetos sustentáveis na Amazônia, com o objetivo de promover atividades econômicas inclusivas e sustentáveis que estabeleçam as bases para uma economia local baseada em ativos florestais, biodiversidade e baixas emissões.

De acordo com o presidente do BID, Mauricio Claver-Carone, o fundo terá dotação inicial de US$ 20 milhões e pode alcançar o patamar de US$ 1 bilhão. O dinheiro também deverá ser usado para estimular a “bioeconomia” e promover instrumentos financeiros inovadores que atraiam investimentos de forma sustentável para a região amazônica.

O executivo informou que dos nove países da região amazônica, ficaram de fora a Guiana Francesa e a Venezuela.

Em discurso gravado, o presidente Jair Bolsonaro disse que é “motivo de orgulho” para o governo que o fundo tenha como uma de suas prioridades o estímulo à bioeconomia. Para o presidente, o fim do desmatamento ilegal na Amazônia só será possível com o desenvolvimento da região e a melhora de vida da população.

O ministro Paulo Guedes, por sua vez, afirmou que o intuito original de estabelecer uma plataforma para captação de doações para a Amazônia conta com a flexibilidade para captação de recursos do setor privado. É preciso ampliar as oportunidades da bioeconomia e “desenvolver cadeias produtivas com alto potencial de agregação de valor e melhorar a integração entre o setor produtivo e as instituições de pesquisa e desenvolvimento”.

Fonte: Amazônia.org.br

1 comentário em “BID irá financiar projetos sustentáveis na Amazônia com fundo de até US$ 1 bilhão”

  1. PARABÉNS À “Amazônia.org.br” POR DIVULGAR NOTICIAS POSSITIVAS A FAVOR DO BRASIL.
    CHEGA DE DIFAMAÇÕES (COM NOSSO DINHEIERO – IMPOSTOS) AQUI E LÁ FORA.
    PRECISAMOS DE AJUDA INTERNACIONAL E DEVEMOS ACEITAR, PARA PROJEOS QUE REALMENTE MANTENHAM E DEFENDAM A NOSSA AMAZÔNIA E SEUS HABITANTES, SEM AMEAÇAS, BRAVATAS E CHANTAGENS CONTRA NOSSA SOBERANIA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.