Chuva de agrotóxicos é lançada em área de agricultura familiar em Apuí (AM)

No sul da Amazônia, uma aeronave lançou uma chuva de agrotóxicos sobre uma região de cultivo de café orgânico, frutas e hortaliças, direcionada às últimas comunidades remanescentes de pequenos produtores no município de Apuí, que resistem ao avanço da pecuária extensiva.

A substância química causou danos em cultivos de laranja, limão, mandioca, abóbora, gergelim e eucalipto. Pelo menos dez agricultores sofreram intoxicação e tiveram a produção prejudicada. Duas das propriedades atingidas produzem café orgânico, no sistema de agrofloresta.

Moradores temem novos ataques. As principais áreas afetadas são dois setores chamados Raulino e Coruja, a cerca de 20 quilômetros da área urbana de Apuí.

Segundo uma reportagem do Brasil de Fato, com um dos maiores índices de desmatamento do estado, Apuí vê cada vez mais áreas de floresta serem convertidas em pastos. Sem alternativa econômica, agricultores que chegaram à região há quatro décadas têm vendido terras aos pecuaristas e abandonado a área.

A Polícia Civil afirmou ter identificado o mandante do crime, mas não revelou sua identidade, nem se a ação teve como objetivo intimidar os agricultores. Na terça-feira (22), policiais colheram amostras da vegetação que serão periciadas em Manaus (AM).

Fonte: Mídia Ninja