CMN prorroga linha de crédito para produtores rurais afetados por desastres naturais

Os produtores rurais de municípios atingidos por desastres naturais em 2010 ganharam mais um ano para pegarem empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para reconstruírem as propriedades. O Conselho Monetário Nacional (CMN) prorrogou até 31 de dezembro o prazo para a concessão de financiamentos do Programa Emergencial de Reconstrução (PER).
Originalmente, o prazo acabaria hoje (31), mas o CMN estendeu a vigência da linha de crédito em mais 11 meses. Com orçamento de R$ 2 bilhões, a linha de crédito financia não apenas as obras de reconstrução, mas também o capital de giro desses produtores, com juros de 5,5% ao ano. Os mutuários têm 120 meses (dez anos) para quitar o empréstimo, podendo começar a pagar as parcelas de três a 24 meses depois da contratação.
Por: Wellton Máximo
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Davi Oliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *