Diretor-geral da PF confirma troca de chefe no Amazonas que pediu investigação contra Salles

Alexandre Saraiva, fez críticas ao ministro do Meio Ambiente e afirmou que na Polícia Federal não ia passar boiada

O diretor-geral da Polícia Federal, Paulo Maiurino, confirmou, em nota divulgada nesta quinta-feira (15), a troca do superintendente da corporação no Amazonas. O delegado Alexandre Saraiva deixará o cargo, que passará a ser ocupado pelo delegado Leandro Almada, policial que foi o número 2 da gestão de Saraiva e comandou o grupo de investigações ambientais na superintendência. As informações são do jornal Folha de São Paulo e do portal G1.

Nos últimos dias, Saraiva esteve em atrito com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, por causa da apreensão de madeira feita no estado do Pará. O delegado chegou a criticar o ministro do MMA, dizendo ser a primeira vez que viu um titular da pasta se posicionar contra uma ação que mira preservar a floresta amazônica.

Nesta quarta-feira (14), ainda como superintendente da Polícia Federal no Amazonas, Saraiva protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) uma notícia-crime contra o ministro do Meio Ambiente e o senador Telmário Mota (PROS-RR).

No documento, o delegado aponta a possibilidade de ocorrência dos crimes de advocacia administrativa, organização criminosa e o crime de “obstar ou dificultar a ação fiscalizadora do Poder Público no trato de questões ambientais”, causando um suposto beneficiamento de madeireiros ilegais na Amazônia, o que facilita a grilagem de terra na Região Norte.

*Foto de destaque: Alexandre Saraiva, chefe da PF do Amazonas – Reprodução/TV Globo

Fonte: Amazônia.org.br

1 comentário em “Diretor-geral da PF confirma troca de chefe no Amazonas que pediu investigação contra Salles”

  1. Pingback: Diretor-geral da PF confirma troca de chefe no Amazonas que pediu investigação contra Salles | TV Meio Ambiente

Comentários encerrados.