Duas escolas de samba vencem carnaval em Manaus

Deu empate a apuração das notas do grupo especial das escolas de samba de Manaus. Com isso, duas escolas foram declaradas campeãs do carnaval 2016: a Reino Unido da Liberdade e a Mocidade Independente de Aparecida. As duas torcidas levantaram a taça juntas e partiram para a comemoração em suas respectivas quadras.

Duas escolas também empataram em segundo lugar: a Unidos do Alvorada e a Grande Família.

Foram avaliados nove quesitos: alegorias e adereços, bateria, comissão de frente, enredo, evolução, fantasia, harmonia, mestre-sala e porta-bandeira e samba enredo.

Aparecida

Esse é o 22º título da Aparecida, que também venceu o desfile do ano passado. Com o enredo A Soberana Encontra a Majestade e, nesta Passarela, eu nunca Vi Coisa mais Bela, a Aparecida contou na avenida a trajetória da escola de samba Portela, do Rio de Janeiro. Agora, segundo o presidente Luiz Pacheco, a torcida é pela agremiação carioca. “A emoção é tanta que agora, se caso quarta-feira no Rio de Janeiro a Portela seja campeã, ela vai empatar. Ela tem que correr atrás agora da Aparecida, que é o 22º título. E ela [Portela] só tem 21 ainda”, brincou.

Luiz Pacheco não se importou em dividir o troféu do primeiro lugar. “Foi justíssimo. A Reino Unido está de parabéns, a Aparecida está de parabéns. São duas comunidades fortes do samba. Acho que a vitória foi do carnaval. O balanço do carnaval foi muito proveitoso, o público voltou ao sambódromo. E agora vamos para 2017 com sentimento de dever cumprido”, afirmou.

O presidente da Aparecida aproveitou a vitória para anunciar que em 2017 o enredo da escola vai abordar os 300 anos de aparição de Nossa Senhora Aparecida.

Liberdade

Neilo Batista, da Diretoria da Reino Unido da Liberdade, também considerou justa e merecida a vitória das duas escolas. “Dois campeões fortes que entraram para ganhar, e a Reino Unido Graças a Deus não foi injustiçada desta vez. Mereceu ganhar o campeonato, mereceu ganhar esse desfile, porque mostrou que a comunidade é forte e que representa o carnaval amazonense.”

Batista disse ainda que apesar de as escolas terem recebido menos recursos do governo do estado este ano, foi possível fazer um belo carnaval. “Com toda a crise, a gente se reinventa, se reestrutura e mostra um grande carnaval, apesar da crise.”

A Reino Unido da Liberdade levou ao sambódromo o enredo Na Arte de se Comunicar, Vem Meu Reino Encantar, em que abordou a evolução da comunicação no mundo.

Ao todo, oito escolas desfilaram pelo grupo especial da capital amazonense. A Primos da Ilha foi rebaixada para o grupo de acesso A. Já a vencedora dessa categoria, a Vila da Barra, subiu para o grupo especial.

Por: Bianca Paiva
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Talita Cavalcante

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *