Horário de votação termina em Macapá; confira apuração em tempo real

Eleição na capital do Amapá foi adiada por apagão elétrico

Os eleitores de Macapá foram às urnas hoje (6) para elegerem o prefeito, o vice-prefeito e os 23 vereadores da Câmara Municipal. A eleição terminou às 17h deste domingo. O pleito deveria ter sido realizado no mês passado, durante as eleições municipais em todo o país. Mas foi adiado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em função dos problemas no fornecimento de energia elétrica no estado.

Segundo o Tribunal Regional do Trabalho do Amapá, 292.718 eleitores estavam aptos a votar na capital amapaense. No município ficou mantido o protocolo de segurança sanitária elaborado para evitar a contaminação pela covid-19.

Dez candidatos disputam a prefeitura da capital amapaense, cuja população é estimada em 513 mil habitantes. Confira a apuração em tempo real:

Adiamento

O TRE-AP informou que algumas seções eleitorais foram remanejadas em razão da necessidade de uniformizar a quantidade de eleitores nas seções eleitorais.

O processo eleitoral em Macapá foi adiado devido ao apagão energético no dia de 3 novembro, que afetou o estado, após um incêndio ter destruído três transformadores e uma subestação de energia na capital do Amapá. Por mais de três semanas, o apagão e a instabilidade no fornecimento de energia provocaram desabastecimento de luz, água e perdas de alimentos.

Diante da situação, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acatou pedido do tribunal regional (TRE-AP) e, no dia 12 de novembro, anunciou que o pleito na capital do estado seria adiado. O TRE-AP informou que as eleições transcorreram normalmente nos demais municípios amapaenses.

Barroso visitou Macapá para acompanhar preparação

Barroso reuniu-se no sábado (5) com integrantes do TRE. “Achei que era importante estar aqui com vocês, para que vocês saibam que a gente se preocupa. Esperamos que as eleições corram bem”, disse o ministro, segundo nota divulgada pelo TSE.

Barroso participou ainda dos trabalhos da comissão de auditoria da urna eletrônica em Macapá. O procedimento, de acordo com o TSE, visa atestar a segurança da votação eletrônica. Integrantes do Ministério Público e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) acompanharam, e o procedimento foi gravado.

Fonte: Agência Brasil – EBC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *