Indígenas convocam tuitaço contra o Marco Temporal

Indígenas e apoiadores estão convocando para hoje às 13h uma mobilização virtual contra o Marco Temporal que deve ser votado hoje pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O objetivo é sensibilizar as pessoas sobre a importância do tema e pressionar os ministros para que rejeitem a tese que dificulta o reconhecimento dos territórios tradicionais por meio da hashtag #MarcoTemporalNão.

Prevista para ontem, o tema nem chegou a ser apresentado já que a sessão foi encerrada e remarcada para hoje. O Ministro Luiz Fux garantiu que não vai tirar de pauta, a não ser que alguém peça vista.

Mais de 6 mil indígenas estão em Brasília mobilizados no Acampamento Pela Vida para assistir a votação. Paralisadas há mais de dois anos, os territórios podem ser ainda mais judicializados e questionados se os ministros aprovarem a tese do Marco Temporal, que determina que uma terra indígena só poderá ser demarcada se comprovarem ocupação da área anteriormente ou na data exata da promulgação da Constituição Federal, em 5 de outubro de 1988, ou caso consigam comprovar conflito.

Ontem o tema ficou em destaque no Trending Topics do Twitter, que monitora a popularidade dos temas na rede social.

Fonte: Amazônia.org.br