Maior banco francês não financiará empresas que exploram terras desmatadas da Amazônia

Nesta segunda-feira (15) o maior banco da França, o BNP Paribas prometeu parar de financiar empresas que compram gado ou soja produzidos em terras amazônicas desmatadas ou convertidas depois de 2008 e incentivará clientes a não comprarem ou produzirem carne bovina ou soja oriundos do cerrado, que ocupa 20% do Brasil. O banco só financiará aqueles que adotarem uma estratégia de desmatamento zero até 2025.

“Instituições financeiras expostas ao setor agrícola do Brasil precisam contribuir para esta luta contra o desmatamento. Este é o caso do BNP Paribas”, disse o banco em um comunicado.

Fonte: Amazônia.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *