Pará registra redução de casos de dengue em 2012

O Pará registrou uma redução de 63,8% nos casos de dengue nos dois primeiros meses do ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados do levantamento do Ministério da Saúde foram divulgados ontem durante reunião de avaliação Programa Nacional do Controle de Dengue para a região Norte, realizada em Belém.

Entre 1º de janeiro e 3 de março de 2012, foram registrados 5.611 casos da doença no Estado contra 8.894 no mesmo período de 2011. Os casos graves tiveram uma queda ainda mais significativa, de 114 em 2011 para 11 este ano. Entretanto, foram registradas duas mortes no Estado. Com exceção do Pará, nenhum estado da região Norte registrou mortes por dengue neste período.

“Diminuição dos casos graves e óbitos. Isso mostra que as campanhas vêm surtindo efeito, mas que também devem ser mantidas. O risco de surto persiste até quando durar a estação chuvosa”, afirma o coordenador do Programa Nacional do Controle de Dengue, Giovanini Coelho.

A região Norte também apresenta queda de casos. Nos dois primeiros meses de 2012 foram registrados 15.407 casos da doença nos sete estados da região contra 63.979 na mesma época em 2011. Atualmente, a incidência da doença é de 97,1 de casos por 100 mil habitantes.

Apesar da queda de casos na região, o estado de Tocantins vive uma epidemia da doença. Na cidade de Palmas (TO), os casos de dengue quase quadruplicaram nos dois últimos meses.

A reunião discutiu com os representantes das secretarias de cada estado medidas de prevenção e critérios para recebimento de investimentos do Ministério da Saúde. Os estados e os municípios que contribuem com as ações do programa de qualificação de combate à dengue, definido pelo Ministério da Saúde em 2005, recebem um incentivo adicional de 20% além do recurso já disponibilizado no valor de R$ 92 milhões.

“Menos de 50% dos municípios realizaram levantamento epidemiológico, um dos requisitos para o repasse de verba do fundo de combate a doença. As secretarias de saúde devem se conscientizar em agilizar esses dados, já que o repasse pode ser prejudicado a partir de março”, explica Giovanini Coelho.

Em 2011, o Ministério da Saúde repassou R$ 800 milhões aos estados para o combate a dengue. No Pará, 45 municípios foram beneficiados com R$ 6 milhões.

Fonte: Diário do Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *