Polícia Militar do Amazonas apreende 400m³ de madeira ilegal

O carregamento de madeira, que não apresentava o documento de origem obrigatório, foi interceptado no rio Solimões, a cerca de 25km de Manaus

Enquanto o Brasil assiste o desenrolar da queda de braço entre a Polícia Federal do Amazonas e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, sobre a apreensão histórica de 200 mil metros cúbicos de madeira, outras operações policiais põe em ainda mais evidência a força da exploração ilegal de madeira na Amazônia. Em ação na tarde de domingo (18), a Polícia Militar apreendeu 400 metros cúbicos de madeira com origem irregular que eram transportados em uma balsa pelo rio Solimões, no município de Careiro da Várzea, a cerca de 25 quilômetros de Manaus, no Amazonas.

De acordo com os policiais militares, os responsáveis pela embarcação não portavam o Documento de Origem Florestal (DOF), obrigatório para todo tipo de carregamento de origem vegetal. A balsa e toda a carga foram apreendidas e os três homens da embarcação foram conduzidos para delegacia do município de Careiro, para adoção dos procedimentos legais.

Por: Duda Menegassi
Fonte: O Eco