Relatório da Defesa Civil identifica estabilidade e previsão de vazante nos rios

Os níveis dos rios do Acre apresentaram estabilidade em nova medição realizada pela Defesa Civil estadual nesta quinta-feira, 25, com previsões de vazantes. Os municípios que ainda se mantêm em níveis altos são: Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Sena Madureira e Feijó.

Devido às enchentes ocorridas no estado, um total de 121.043 pessoas foram atingidas desde o início do mês. Os dados foram divulgados por meio do relatório diário da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.

Defesa Civil mantém o monitoramento nos rios que apresentaram cheia no estado. Foto: Marcos Vicentti/Secom.

O documento menciona que dez municípios estão em situação de calamidade pública, decretada pelo governo do Estado, sendo os mais afetados Cruzeiro do Sul, com 33 mil pessoas atingidas; Tarauacá, com 28 mil; e Sena Madureira, com 27.653.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Eudemir Bezerra, o governo do Estado vai apresentar ao governo federal os dados sobre os danos causados pelas enchentes e enxurradas na agricultura, pecuária, indústria e demais bens públicos e privados, a fim de angariar recursos para atender a população prejudicada.

“A Defesa Civil funciona por fase: mitigação do problema, assistencial e reconstrutiva. Estamos na fase assistencial concomitante com a fase reconstrutiva. A previsão é de que possamos receber cerca de R$ 16 milhões para realizar o trabalho de recuperação dos municípios”, ressaltou o coordenador.

O número de afetados pelas cheias dos rios é de mais de 121 mil. Foto: Marcos Vicentti/Secom

O governo do Estado tem disponibilizado toda a sua estrutura, desde a ação social até a de segurança, com o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar, que têm realizado rondas nos abrigos para garantir a segurança e atendimento da população atingida pelas cheias.

Fonte: Acre.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *