garimpo na amazônia

Área usada pela mineração no Brasil cresceu 6 vezes nos últimos 35 anos

Levantamento mostra expansão acelerada do garimpo na Amazônia nos últimos 10 anos. Dentro de Terras Indígenas, garimpo cresceu 495% desde 2010 A área ocupada por atividades de mineração no Brasil cresceu seis vezes nos últimos 35 anos. O salto que ocorreu entre 1985, quando o setor ocupava cerca de 31 mil hectares do território nacional, …

Área usada pela mineração no Brasil cresceu 6 vezes nos últimos 35 anos Leia mais »

Explosão do garimpo ilegal na Amazônia despeja 100 toneladas de mercúrio na região

Metal encontrado em 2019 e 2020 na região de terras indígenas contamina água, solo e ar. Estudo achou altas concentrações em quatro a cada 10 crianças menores de cinco anos nas regiões Yanomami O incentivo ao garimpo ilegal promovido pelo Governo brasileiro nos últimos dois anos provocou uma enxurrada de mercúrio nas águas amazônicas. Um volume estimado em 100 toneladas do …

Explosão do garimpo ilegal na Amazônia despeja 100 toneladas de mercúrio na região Leia mais »

Vítima do garimpo: mercúrio mata ambientalista que trabalhava na Amazônia

O consumo durante dois anos de peixes contaminados resultou na morte de Cássio Beda, de 36 anos, no Pará Faleceu, no último dia 04 de abril, o ambientalista Cássio Beda, 36, vítima da intoxicação por mercúrio oriundo do garimpo ilegal na região Norte do pais. O indigenista viveu no Alto Tapajós por dois anos apoiando o …

Vítima do garimpo: mercúrio mata ambientalista que trabalhava na Amazônia Leia mais »

Três áreas protegidas concentram 55% do desmatamento para garimpo na Amazônia

Pará é o estado da Amazônia que mais desmata para a exploração garimpeira; região do Tapajós é o epicentro do garimpo ilegal Um levantamento do Greenpeace Brasil mostrou que somente no mês de julho deste ano 73% da destruição causada na Amazônia para a exploração de garimpo ocorreu em unidades de conservação e terras indígenas, …

Três áreas protegidas concentram 55% do desmatamento para garimpo na Amazônia Leia mais »

Peixes mais consumidos no Amapá estão contaminados pelo mercúrio do garimpo

As quatro espécies de peixe mais consumidas por indígenas e ribeirinhos do Amapá são as que contêm maiores concentrações de mercúrio. No pirapucu, pesquisadores detectaram níveis de mercúrio quatro vezes maiores do que o permitido pela Organização Mundial de Saúde. A substância atinge o sistema nervoso central e gera dificuldade de aprendizagem entre as crianças. …

Peixes mais consumidos no Amapá estão contaminados pelo mercúrio do garimpo Leia mais »