hidrelétricas na Amazônia

São Luiz do Tapajós: uma tragédia para a biodiversidade

A construção de uma barragem no Rio Tapajós pode levar à extinção espécies de animais e plantas, além de impactar profundamente a vida de populações tradicionais Erguer uma grande hidrelétrica em ecossistemas sensíveis como a Amazônia, como quer o governo brasileiro no Rio Tapajós, teria impactos irreversíveis do ponto de vista econômico e social. A …

São Luiz do Tapajós: uma tragédia para a biodiversidade Leia mais »

Eletrobras diz que investigação sobre desvios em Belo Monte prosseguem

Eletrobras diz que investigação sobre desvios em Belo Monte prosseguem As investigações independentes conduzidas pela Eletrobras sobre denúncias de corrupção envolvendo a construção da hidrelétrica de Belo Monte, no norte do Pará, continuam em andamento e não houve, até o momento, finalização de relatório sobre o caso, informou a estatal elétrica nesta quarta­feira, em comunicado. …

Eletrobras diz que investigação sobre desvios em Belo Monte prosseguem Leia mais »

Sob ameaça de hidrelétricas, povo Munduruku exige demarcação de território tradicional no Tapajós

Respeito aos direitos indígenas é essencial para manter o Tapajós sem barragens e conservar a Amazônia Lideranças do povo Munduruku iniciaram hoje a sinalização dos limites da Terra Indígena Sawré Muybu, localizada em Itaituba, no Pará. Ao longo das próximas duas semanas, eles irão percorrer a área para instalar cerca de 50 placas, semelhantes às …

Sob ameaça de hidrelétricas, povo Munduruku exige demarcação de território tradicional no Tapajós Leia mais »

TCU apura se houve conluio entre consórcios no leilão de Belo Monte

O Tribunal de Contas da União (TCU) está investigando, como consequência das revelações da Operação Lava-Jato, a possibilidade de ter havido conluio no leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte, em abril de 2010. Esse eventual acordo entre os dois consórcios que apresentaram propostas para controlar a usina pode ter elevado o preço da tarifa …

TCU apura se houve conluio entre consórcios no leilão de Belo Monte Leia mais »

Ele lucra com as remoções

Infiltrado entre os ribeirinhos que serão removidos pelas hidrelétricas na Amazônia, paranaense compra terras que serão inundadas para ganhar indenização Depois de trinta anos trabalhando como pedreiro, o paranaense Arlindo de Oliveira tenta fazer fortuna na Amazônia. Sua estratégia, ele alega, é comprar terras que serão indenizadas para a construção das hidrelétricas. Segundo suas próprias …

Ele lucra com as remoções Leia mais »