“Anselmo, você só vai morrer se morrermos todos os Kokama”

“Awitse, Ikuatawara”, ou “obrigado, mestre”, em português, é o que Glades Samias escreve em carta ao primo professor que não resistiu à covid-19. Ele sonhava em revitalizar o idioma kokama Anselmo Rodrigues Samias nasceu na reserva indígena Sapotal, no Amazonas, e nutriu, desde jovem, o sonho de manter sempre viva a cultura do seu povo, …

“Anselmo, você só vai morrer se morrermos todos os Kokama” Leia mais »