Juma Xipaya, indígena e ativista: “Não quero ser a próxima Dorothy Stang”

Juma Xipaya luta há uma década pelos direitos dos indígenas impactados pela construção de Belo Monte. Aos 24 anos, tornou-se a primeira mulher a chefiar uma aldeia Xipaya. Desde 2018, quando descobriu um esquema de corrupção envolvendo empresas de assistência a indígenas, vive o terror diário das ameaças de morte. Em novembro de 2019, um …

Juma Xipaya, indígena e ativista: “Não quero ser a próxima Dorothy Stang” Leia mais »