Desmonte dos órgãos de fiscalização leva indígenas a realizarem autodemarcação de suas terras para tentar evitar genocídio completo. Entrevista especial com Luísa Pontes Molina

Para antropóloga, é fundamental que a sociedade compreenda que o Estado não “dá” terras aos indígenas, mas apenas reconhece o direito originário da ocupação desses coletivos, e que as terras continuam sendo da União Passaram-se mais de 32 anos desde que a Constituição Federal foi promulgada e 27 anos do prazo limite para a demarcação …

Desmonte dos órgãos de fiscalização leva indígenas a realizarem autodemarcação de suas terras para tentar evitar genocídio completo. Entrevista especial com Luísa Pontes Molina Leia mais »