Pandemia faz indígenas Xavante passarem fome

Para não passar fome, a cacica da aldeia Paranoá, Heroína Rewanhiré, decidiu ir à cidade de Barra do Garças, no leste de Mato Grosso, pedir doações. Aos 93 anos, a anciã se esforçava para levar comida às sete famílias do povo Xavante de seu território, que desde o início da pandemia sofrem com o agravamento …

Pandemia faz indígenas Xavante passarem fome Leia mais »