Único sobrevivente de raiva humana no Amazonas é transferido para enfermaria

Os pais de Mateus Santos da Silva não foram comunicados de que o leito de UTI, onde ele estava, foi destinado à paciente de Covid-19. O adolescente Mateus Santos da Silva, de 17 anos, é o único caso de sobrevivência à raiva humana no Amazonas, e o segundo no Brasil. Hoje, vive em uma cama, respirando …

Único sobrevivente de raiva humana no Amazonas é transferido para enfermaria Leia mais »