Servidor desaparecido na Amazônia treinava indígenas para uso de drones e monitoramento de território

Antes de desaparecer na Amazônia, o indigenista e servidor da Funai (Fundação Nacional do Índio) Bruno da Cunha de Araújo Pereira fazia um trabalho de treinar e equipar os indígenas da Terra Indígena Vale do Javari para defenderem seu território. Ele desapareceu no domingo (5/6) com o jornalista britânico Dom Phillips quando os dois estavam viajando a …

Servidor desaparecido na Amazônia treinava indígenas para uso de drones e monitoramento de território Leia mais »