URGENTE: Ricardo Salles pede demissão do cargo de ministro do meio ambiente

Nesta quarta-feira (23), foi publicado em uma edição extra do Diário Oficial da União (DOU) a exoneração do ministro do meio ambiente, Ricardo Salles, a pedido do mesmo que alegou motivos familiares para deixar o cargo.

Salles se tornou alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por operação da Polícia Federal e a pedido da Procuradoria Geral da República, por ter supostamente favorecido empresários do setor de madeiras e por ter atrapalhado investigações sobre apreensão de madeira.

No mesmo decreto de exoneração, o presidente Jair Bolsonaro nomeou Joaquim Alvaro Pereira Leite, secretário da Amazônia e Serviços Ambientais como novo ministro do Meio Ambiente.

Salles teve um envolvimento polêmico e marcante durante uma reunião ministerial em abril de 2020, quando sugeriu “ir passando a boiada” já que atenção da mídia estava voltada para a pandemia do Covid-19.

Nesta terça-feira (22), durante cerimônia do Plano Safra no Planalto, Bolsonaro aproveitou para elogiar Salles. 

“Parabéns, Ricardo Salles. Não é fácil ocupar o seu ministério. Por vezes, a herança é apenas uma penca de processos. A gente lamenta como somos tratados por alguns poucos desse outro poder que é muito importante para todos nós”, disse o presidente.

Fonte: Amazônia.org